Últimas publicações
Partilha
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Grupo Renault acelera a estratégia de eletrificação com três inovadoras propostas híbridas

A estratégia de eletrificação do Grupo Renault propõe ofertas 100% elétricas e, agora, três inovadoras ofertas híbridas com a etiqueta E-TECH: Clio E-TECH, Captur E-TECH Plug-In e Mégane E-TECH Plug-In.

O Grupo Renault é pioneiro e líder na mobilidade elétrica – a pedra angular do compromisso do Grupo no desenvolvimento da mobilidade sustentável acessível a todos. Há mais de 10 anos que acumula experiência e conhecimento nos automóveis elétricos, aplicando agora esses conhecimentos na criação de motores híbridos mais dinâmicos e mais eficientes.

Renault E-TECH, o híbrido para todos!

O HEVC (Hybrid & Electric Vehicle Controller) é o cérebro por detrás da tecnologia E-TECH. Este calculador faz, em cada circunstância, a seleção do modo de tração mais adequado para garantir a melhor eficiência e o melhor conforto de acordo com inúmeros parâmetros, entre os quais:

  • A ação sobre o pedal do acelerador;
  • A seleção do condutor (modo MULTI-SENSE, botão EV, E-Save, E-Nav, modos de condução D ou B);
  • O nível de carga da bateria de tração.

Concebida como um veículo elétrico, a tecnologia E-TECH dá prioridade ao funcionamento do seu motor elétrico principal – as diferentes fontes de potência podem funcionar alternadamente ou em conjunto.

Devido ao trabalho realizado no desenvolvimento de motores híbridos multimodais, os motores E-TECH garantem:

  • O arranque sistemático em modo 100% elétrico.
  • Conforto e prazer de condução em todas as circunstâncias.
  • Excelente rendimento energético, por ação de:
  • Uma inovadora caixa de velocidades automática multimodo inteligente, que transmite toda a potência dos 3 motores em 3 modos de tração e 14 velocidades, trazendo eficiência e dinamismo.
  • Eficiente travagem regenerativa.
  • Elevada capacidade de recarregamento de bateria.

E-TECH: a oferta híbrida

Grupo Renault acelera a estratégia de eletrificação com três inovadoras propostas híbridas 1

Funcionamento do E-TECH Híbrido para o Novo CLIO E-TECH Híbrido

  • Autonomia e velocidade máxima em tração 100% elétrica.
  • Recarga da bateria – ao recuperar a energia durante as fases de desaceleração e de travagem e ao utilizar o motor térmico para gerar eletricidade.
  • Consumo médio de combustível a partir de 4,5 L/100km em ciclo completo WLTP.
  • Emissões de CO2 – aproximadamente 100g/km em ciclo completo WLTP.

E-TECH Plug-in: a oferta híbrida recarregável

Grupo Renault acelera a estratégia de eletrificação com três inovadoras propostas híbridas 2

Funcionamento do E-TECH Híbrido Plug-in para o Novo CAPTUR E-TECH Plug-in Hybrid

  • Autonomia e velocidade máxima em tração 100% elétrica.
  • Recarga da bateria – ao ligar-se à rede elétrica, ao recuperar energia durante as fases de desaceleração e travagem e utilizando o motor térmico para gerar eletricidade.
  • Consumo médio de combustível a partir de 1,81 L/100 km em ciclo completo WLTP.
  • Emissões de CO2 a partir de 321 g/km em ciclo completo WLTP.
  • Quando a bateria está descarregada, funciona como a versão E-TECH Híbrido. Para beneficiar 100% das vantagens do E-TECH Híbrido Plug-in, a bateria de tração deve ser carregada diariamente à rede elétrica.

O Desporto automóvel e o envolvimento da Renault na Fórmula 1 são a alma do trabalho da marca nos motores híbridos E-TECH. Desde 2013, que o Renault F1 Team e a engenharia da Renault têm partilhado “know-how” em matéria de gestão de energia.

As pontes entre o mundo da competição e os automóveis de série dividem-se em:

Gestão de energia e sua regeneração

Assim como na Fórmula 1, a energia cinética pode ser recuperada na desaceleração ou na travagem e transformada em energia elétrica para recarregar a bateria. Nos modelos de série, especialmente em autoestrada, o sistema de gestão de energia intervém, forçando o motor a operar neste regime ideal de rendimento, de forma a promover o recarregamento da bateria.

Caixa de velocidades multimodo de ‘carretos direitos’, usada pela primeira vez num automóvel de série

Esta caixa de velocidades, sem embraiagem, permite um arranque 100% elétrico, e reduz significativamente a quebra entre passagens de caixa, o que melhora o conforto de condução e a performance em aceleração. Na Fórmula 1, as passagens de caixa mais suaves significam menores oscilações e, consequentemente, menores perdas de aderência.Graças à partilha de conhecimento entre estes dois mundos, os motores E-TECH combinam prazer de condução, com alta eficiência, em termos de velocidade de regeneração e uso de energia.

Saiba mais sobre as viaturas Renault disponíveis na Confiauto

Últimas publicações
Partilha
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn